Meo Sudoeste deve 60 mil euros a militares da GNR

27 nov 2023, 07:23
MEO Sudoeste 2017

REVISTA DE IMPRENSA || Luís Montez garante que "o pagamento vai ser regularizado até ao final da próxima semana, quando o mês termina"

O Meo Sudoeste deve mais de 60 mil euros aos militares que prestaram serviço de gratificado na última edição do festival na Zambujeira do Mar, avança o Jornal de Notícias.

De acordo com a mesma fonte, a certidão de dívida já foi emitida à produtora Música no Coração, gerida por Luís Montez, para tentar cobrar o valor em falta pelo trabalho prestado por cerca de cem militares fora do horário normal de serviço e pago à parte. 

Em declarações ao JN, Montez diz saber que o pagamento está em atraso e que se trata de "muito dinheiro", mas que "o pagamento vai ser regularizado até ao final da próxima semana, quando o mês termina". 

No entanto, esta situação não é inédita. Em 2022, a fatura só foi paga poucos dias antes da edição do corrente ano começar.

Música

Mais Música

Patrocinados