Mau tempo: quase 8.000 ocorrências, mais de 4.800 inundações e 88 desalojados numa semana

Agência Lusa , BC
15 dez 2022, 13:01

Estiveram envolvidos nas operações 29.651 operacionais e 9.803 meios terrestres, anunciou a Proteção Civil

A Proteção Civil registou mais de 7.950 ocorrências em território nacional, 4.841 inundações e 88 desalojados desde a semana passada, quando começou o quadro de instabilidade meteorológica.

Num ponto de situação feito hoje à agência Lusa, com dados desde as 00:00 de dia 07 e até às 08:00 desta quinta-feira, José Costa, da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), disse que estiveram envolvidos nas operações 29.651 operacionais e 9.803 meios terrestres.

No total, foram registadas 7.954 ocorrências, a maioria das quais inundações (4.841), seguidas de limpezas de vias (1.017).

O mau tempo que se fez sentir desde a semana passada deixou 88 pessoas desalojadas - "que entretanto podem já ter sido realojadas ou estar em centros de apoio à população" - e provocou ainda 961 quedas de árvores, 573 quedas de estruturas e 527 movimentos de massa (deslizamentos de terras), acrescentou o responsável.

Segundo o oficial de operações, houve ainda 15 salvamentos terrestres e 10 salvamentos aquáticos.

Os distritos mais afetados foram Lisboa, com 4.281 ocorrências, Setúbal (849), Santarém (461), Coimbra (343) e Portalegre (307).

Em declarações à Lusa, José Costa lembrou que hoje não há já avisos para precipitação emitidos, havendo apenas aviso amarelo para agitação marítima no sul do país (Lisboa, Setúbal, Beja e Faro).

O responsável disse ainda que o estado de alerta especial amarelo para as forças e agentes da proteção civil se mantém ativo, pelo menos, até às 23:59 de hoje.

Relacionados

Meteorologia

Mais Meteorologia

Mais Lidas

Patrocinados