Marinha e Força Aérea participam em resgate de onze migrantes no sul de Espanha

Agência Lusa , BC
2 nov, 16:30
Marinha e Força Aérea participam em resgate de 11 migrantes no sul de Espanha (Foto: EMGFA)

Navio "Mondego" intercetou uma embarcação de migrantes, que foi identificada por uma aeronave C-295 da Força Aérea

O navio patrulha português “Mondego” intercetou na segunda-feira uma embarcação no sul de Espanha com 11 migrantes, que foi identificada por uma aeronave da Força Aérea portuguesa, anunciou esta quarta-feira o Estado-Maior-General das Forças Armadas.

Em comunicado, o EMGFA escreve que o navio patrulha costeiro “Mondego”, da Marinha, está integrado “na operação INDALO 2022, sob égide da Agência Europeia da Guarda de Fronteiras e Costeira – FRONTEX, no sul de Espanha”.

Enquanto realizava uma “patrulha na área definida, durante a noite de 31 de outubro”, o navio “intercetou uma embarcação de migrantes, identificada pela aeronave C-295, da Força Aérea Portuguesa, integrada na mesma operação”.

“Após a interceção, o navio conseguiu identificar a bordo 11 migrantes (cinco masculinos e três femininos), dos quais uma grávida de cinco meses e três crianças com idades compreendidas entre os cinco e os 16 anos”, lê-se na nota.

De acordo com o EMGFA, “o navio, em cooperação com o ICC Madrid, efetuou o resgate para bordo de todos os migrantes, disponibilizando-lhes cuidados médicos, mantimentos e mantas de aquecimento”.

“Posteriormente, o navio deslocou-se até um ponto de encontro junto ao porto de Cartagena, onde transferiu todos os migrantes para a embarcação SALVAMAR DRACO, que finalizou o salvamento até terra”, é acrescentado.

Esta terça-feira (01), o EMGFA anunciou que o navio patrulha costeiro “Mondego” tinha participado, no sul de Espanha, na última semana, no resgate de 24 migrantes, no âmbito da mesma operação.

Relacionados

País

Mais País

Patrocinados