Exclusivo: mãe de Igor Silva pede abertura de instrução e quer responsabilizar mulher e filha de Marco "Orelhas"

7 jul 2023, 19:22
Marco 'Orelhas' Gonçalves e Renato Gonçalves

Defesa de jovem assassinado em maio de 2022 pretende imputar a coautoria do crime.

A família de Igor Silva, o jovem de 26 anos assassinado nas imediações do Estádio do Dragão, em maio de 2022, requereu a abertura de instrução.

A defesa de Igor quer imputar a coautoria do homicídio do jovem por considerar que, tanto Marisa Santos, como lara Gonçalves, mulher e filha de Marco "Orelhas", tiveram um papel relevante em conjugação de esforços e vontades com os demais arguidos já acusados.

Foram, inclusive, estas arguidas que o alertaram, assim como a Paulo "Chanfras", da presença da vítima nas imediações no estádio. Também partilharam a localização concreta da mesma, entre outros atos preponderantes e essenciais para a concretização do plano criminoso.

Relacionados

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Mais Lidas

Patrocinados