PJ deteve jovem de 19 anos suspeito de matar outro nos festejos do FC Porto

10 mai, 08:39

A vítima, de 26 anos, foi brutalmente agredida por um grupo de homens e, depois, esfaqueada mortalmente pelo suspeito agora detido

A Polícia Judiciária (PJ) identificou e deteve, segunda-feira na cidade do Porto, o jovem de 19 anos suspeito de esfaquear mortalmente um outro, de 26 anos, durante os festejos do FC Porto no Estádio do Dragão. 

De acordo com o comunicado, "os factos ocorreram na madrugada do dia 08.05.2022, na cidade do Porto, em retaliação por uma sucessão de agressões que, desde janeiro deste ano, vinham ocorrendo entre o arguido, familiares deste e a vítima". 

A vítima foi encurralada por um grupo de homens, "entre os quais o arguido", e agredida violentamente "com murros e pontapés". Tudo começou com um desentendimento entre o adepto e membros da claque dos Super Dragões, por volta das 02:40 da manhã. 

Num vídeo a que a TVI/CNN Portugal teve acesso, é possível ver-se a brutalidade com que o jovem foi agredido. Depois dos murros e pontapés, a vítima foi esfaqueada no abdómen e na zona do coração, com "uma arma branca de dimensões significativas". A namorada, que terá tentado separar os desavindos, sofreu ferimentos ligeiros.

O agressor, filho de um dos principais elementos dos Super Dragões, é assim suspeito do crime de homicídio qualificado. Empregado de limpeza e sem antecedentes criminais, vai agora ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

O que se sabe sobre a vítima?

Igor Silva, o adepto esfaqueado mortalmente no final da noite dos festejos do FC Porto, tinha sido jogador de futebol. Era ponta-de-lança e representou o FC Infesta na época passada.

Com dupla nacionalidade, portuguesa e cabo-verdiana, e residente na Freguesia de Ramalde, Igor passou pela formação de clubes como Leixões, Progresso, Rio Ave e Gondomar até 2012.

Depois de um período sem registos no futebol sénior, Igor Silva surgiu como avançado do Futebol Clube Infesta na temporada 2020/21, na Série 1 da Divisão de Élite da Associação de Futebol do Porto. O seu último jogo terá sido em janeiro de 2021.

Adepto do FC Porto, Igor acompanhou a equipa portista no clássico do Estádio da Luz frente ao Benfica e esteve igualmente no Estádio do Dragão para receber os campeões nacionais. Porém, já após o final das comemorações, foi assassinado na Alameda das Antas.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados