Amorim explica mexidas ao intervalo e esclarece lesão de St. Juste

4 dez 2023, 22:45
Sporting-Gil Vicente (Miguel A. Lopes/Lusa)

Treinador do Sporting destacou que quis mudar a tática ao intervalo e o central «torceu o pé»

Ruben Amorim, treinador do Sporting, na flash interview à SportTv, após a vitória (3-1) na receção ao Gil Vicente, na 12.ª jornada da Liga:

«[Que análise faz ao jogo?] Sabíamos que era um jogo complicado, mas mesmo assim controlámos muito bem o Gil Vicente, todas as suas transições e a forma como atacam. Têm jogadores muito talentosos. Começámos muito bem, o Gil Vicente, depois, conseguiu acalmar o jogo e fazer um golo na única vez que chegou à nossa baliza. Voltamos a sofrer apenas numa ocasião. Estávamos a tentar, no início melhor do que no desenrolar da primeira parte, mas o [golo do] empate foi inteiramente justo. Depois do intervalo, conseguimos acelerar e encostámos o Gil Vicente à sua baliza, criámos várias ocasiões, marcámos duas, mas acho que poderíamos ter feito melhor. No fim, já com algum cansaço, recolhemos, nos últimos 10 minutos, e controlámos o jogo. Fomos uns justos vencedores.

[Grande início da segunda parte deveu-se às mudanças?] Não. O Nuno [Santos] fez o golo, o Inácio saiu porque há jogos que não são tão bem conseguidos e é difícil todas as semanas estar sempre no máximo e ele tem estado. Preferimos retirá-lo. O Esgaio estava a fazer, se calhar, um dos melhores jogos, mas tirámo-lo porque tínhamos de inverter o lado. Estávamos à espera de uma cosia, mas o Gil Vicente trocou o lado em que o Félix [Correia] costuma jogar para acompanhar o Nuno [Santos]. Quisemos fazer o contrário e eles não saíram por estarem a jogar mal, mas simplesmente porque a rotação da equipa não ficaria tão boa com eles. Gostaria de realçar esse ponto. Os jogadores que saíram não foi porque jogaram mal, não porque não estávamos a dominar o jogo, mas porque queríamos outra tática.

[Liderança sustenta que o Sporting tem sido a melhor equipa a jogar este ano?] Os pontos refletem as melhores equipas, seja a jogar, a ganhar jogos ou a não sofrer golos. Voltamos ao primeiro lugar, mas é muito claro que o campeonato vai ter ainda muita história. Passo a passo, já dissemos o que queremos no final, mas não vamos pensar muito à frente. Pensar no próximo jogo.

[Lesão de St Juste] Torceu o pé. Caiu mal, torceu o pé. É azar, porque não teve nada a ver com o joelho, caiu mal e torceu o pé. Agora é recuperar.»

Relacionados

Sporting

Mais Sporting

Patrocinados