APCVD abre processo aos incidentes no Desp. Chaves-Estoril

22 abr, 20:17
Confusão no Desp. Chaves-Estoril (PEDRO SARMENTO COSTA/LUSA)

Jogo ficou marcado por confrontos entre adeptos dos flavienses, que invadiram o relvado, e jogadores do Estoril

A Autoridade para a Prevenção e o Combate à Violência no Desporto (APCVD) abriu esta segunda-feira um processo contraordenacional aos incidentes que se registaram no duelo entre o Desp. Chaves e o Estoril.

«A APCVD, sem prejuízo dos procedimentos já em curso pela natureza criminal de alguns dos ilícitos, instaurou um processo contraordenacional destinado ao apuramento do cumprimento de deveres e eventuais responsabilidades contraordenacionais do promotor do espetáculo desportivo», lê-se, no comunicado divulgado.

No jogo em questão, que terminou empatado, vários adeptos dos flavienses invadiram o relvado, um dos quais para pedir satisfação ao guarda-redes dos «canarinhos», Marcelo Carné.

O guardião respondeu e acabou expulso, tal como Pedro Álvaro, que também se envolveu nos confrontos.

Relacionados

Patrocinados