Chaves-Estoril: PSP identificou jogador por «ofensa à integridade física»

22 abr, 10:10
Chaves-Estoril (Lusa)

Além de seis adeptos que foram detidos

Além de ter detido seis adeptos, após os incidentes durante o Chaves-Estoril, a Polícia de Segurança Pública informou ter identificado um jogador.

«Durante esta ação policial foram detidos 6 cidadãos, designadamente 4 homens e 2 mulheres, com idades compreendidas entre os 30 e os 60 anos, por suspeita da prática do crime de invasão da área do espetáculo desportivo, previsto no artigo 32.º da Lei n.º 39/2009, de 30 de julho, alterada pela Lei n.º 40/2023, de 10 de outubro e, identificado um jogador de futebol por suspeita da prática de crime de ofensa à integridade física, previsto no artigo 33.º do mesmo diploma legal», lê-se num comunicado da PSP.

Na sequência dos confrontos, iniciados com uma invasão de campo e tentativas de agressões a jogadores do Estoril por parte de adeptos do Chaves, dois jogadores do Estoril, Marcelo Carné e Pedro Álvaro, acabaram expulsos, com o defesa do Estoril a defender-se com uma joelhada de uma investidade de um adepto dos transmontanos.

Os suspeitos detidos foram libertados ainda no domingo e notificados para comparecer em tribunal nesta segunda-feira.

Relacionados

Mais Lidas

Patrocinados