Saiba tudo sobre o Euro aqui

Invasão de adepto termina com duas expulsões e seis detidos em Chaves

21 abr, 17:52
Chaves-Estoril (Lusa)

Marcelo Carné e Pedro Álvaro viram o cartão vermelho direto depois de se envolverem em confrontos com adeptos do Desp. Chaves que entraram em campo

Viveram-se momentos de enorme confusão no final do encontro, entre o Desp. Chaves e o Estoril.

Um adepto da casa invadiu o relvado para confrontar Marcelo Carné, guarda-redes da formação canarinha, que respondeu e obrigou à entrada da polícia em campo. No meio do incidente, mais adeptos entraram no relvado e um deles acabou por ser agredido com uma joelhada, por parte de Pedro Álvaro.

Nuno Almeida suspendeu o encontro e acabou por mostrar cartão vermelho direto a ambos os jogadores, na sequência dos incidentes, que mancham o jogo por completo. 

João Carlos, que tinha entrado no segundo tempo para render Cassiano, viu-se obrigado a assumir a baliza do Estoril até final e sofreu inclusive o golo do empate, muito para lá do minuto 90.

Segundo apurou o Maisfutebol, houve seis adeptos (cinco homens e uma mulher) que foram detidos e encaminhados para a esquadra de Chaves.

Entretanto, o Desp. Chaves publicou um comunicado sobre os incidentes em que «lamenta profundamente os factos ocorridos»

«Ao longo da nossa história, sempre fomos apologistas do espírito de fair-play no desporto e na vida. Condenamos veementemente tudo o que se passou, que nasceu das sucessivas provocações que Marcelo Carné, guarda-redes do Estoril Praia, fez para os nossos adeptos presentes no Topo Sul ao longo de todo jogo. Estamos totalmente disponíveis para colaborar com todas as averiguações das entidades competentes», referem os transmontanos.

Patrocinados