Sporting-FC Porto: quem vence para já o campeonato da formação?

7 set 2021, 17:35
Formação

O clássico do próximo sábado coloca frente a frente os dois grandes que mais estão a apostar em jovens formados em casa. Ora no dia em que o Sporting recebeu o prémio de futebol de formação 2021 da ECA, fomos fazer contas a quem aposta mais afinal nos miúdos.

O Sporting recebeu esta terça-feira o prémio de futebol de formação 2021 da Associação Europeia de Clubes e Tomaz Morais elogiou o sucesso do Modelo Centrado no Jogador.

«Onze jogadores da formação ganharam o campeonato com a equipa principal. Não tenho palavras, foi um sonho para nós. Vencemos o campeonato com os nossos jogadores da formação dentro da equipa», referiu o diretor do futebol de formação do Sporting.

Já o FC Porto tem recorrentemente enaltecido a aposta que Sérgio Conceição está a fazer esta época nos miúdos, tendo por exemplo partilhado uma fotografia de João Mário, Rodrigo Conceição, Fábio Vieira, Vitinha e Diogo Costa no Dragão, após a vitória sobre o Arouca, e tendo-o voltado a fazer esta terça-feira, com Vitinha, Fábio Vieira, João Mário e Bruno Costa.

Em ambas as partilhas, a mesma mensagem: «ADN de Dragão».

Ora por isso, e na semana em que Sporting e FC Porto se defrontam em Alvalade, o Maisfutebol foi fazer contas para perceber qual dos dois rivais aposta mais na formação.

Ambos colocaram até agora a jogar sete jogadores formados em casa, sendo que tanto Sporting como FC Porto têm um miúdo criado nas camadas jovens que é totalista na Liga: a formação leonina tem o central Gonçalo Inácio, a equipa portista tem o guarda-redes Diogo Costa.

A partir daí, e respondendo diretamente à pergunta do título, importa dizer desde já que o Sporting é, ainda assim, o clube que mais apostou até agora em miúdos formados em casa.

Ruben Amorim lançou sete jogadores que passaram pelas camadas jovens Alcochete, como já se disse, os quais totalizam 1495 minutos de jogo no campeonato nacional.

Bem acima, refira-se, dos 1206 minutos que os sete jogadores que passaram pela formação do Olival e que já foram utilizados por Sérgio Conceição totalizam na Liga.

De resto, e fora destas contas, ficaram Matheus Nunes e Otávio, sendo dois casos idênticos: chegaram ao Sporting e ao FC Porto, respetivamente, já seniores, o primeiro com 20 anos para jogar na equipa sub-23 e o segundo com 19 anos para jogar na equipa B.

Vale a pena referir, por fim, que a utilização de jogadores que passaram pela formação de Sporting ou FC Porto é fracamente superior ao que acontece no Benfica. Jorge Jesus lançou quatro atletas formados em casa, os quais juntos somam apenas 531 minutos: pouco mais de um terço do que acontece com o Sporting.

Utilização de jogadores que passaram pela formação:

SPORTING:

Gonçalo Inácio: 360
Palhinha: 348
Esgaio: 302
Jovane Cabral: 210
Ruben Vinagre: 206
Daniel Bragança: 36
Tiago Tomás: 33

TOTAL: 1495
 

FC PORTO

Diogo Costa: 360
João Mário: 356
Bruno Costa: 330
Sérgio Oliveira: 71
Francisco Conceição: 33
Vitinha: 30
Fábio Vieira: 26

TOTAL: 1206

Relacionados

Sporting

Mais Sporting

Patrocinados