Liga confirma situação salarial regularizada no Boavista

26 mai, 12:32
Estádio do Bessa

Em relação aos meses de março e abril

O Boavista já comprovou a «inexistência de dívidas» a jogadores e treinadores, quanto aos meses de março e abril, confirmou na manhã desta quinta-feira a Liga.

«A Liga Portugal informa que o Boavista FC cumpriu a obrigação de demonstrar a inexistência de dívidas salariais a jogadores e treinadores, referentes aos meses de março e abril. Deste modo, a Sociedade Desportiva passa a ter a sua situação regularizada, o que faz com que todos os emblemas da Liga Portugal tenham demonstrado o rigoroso cumprimento das suas obrigações salariais, dentro dos prazos regulamentados», refere a Liga, em comunicado.

O Boavista era um dos cinco clubes das ligas profissionais que tinham em falta a obrigação de demonstrar a inexistência de dívidas salariais, de acordo com o que a Liga informou, na segunda-feira.

No mesmo dia, o Boavista garantiu ao Maisfutebol que tinha a situação salarial regularizada e que a validação dos pagamentos estava «dependente de questões formais».

Com isto, a lista de clubes em falta fica reduzida a Varzim, Académica, Leixões e Trofense, clubes que competiram em 2021/22 na II Liga, sendo que todos têm, desde segunda-feira, 15 dias para regularização da situação.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Patrocinados