Oblak: «Nos penáltis há sempre um bocadinho de sorte»

13 mar, 23:41
Jan Oblak

Guarda-redes do Atlético de Madrid diz que a sua equipa deixou a alma em campo

Oblak, antigo guarda-redes do Benfica, foi a grande figura do jogo entre o Atlético de Madrid e o Inter, que valeu a passagem da equipa espanhola aos quartos de final da Liga dos Campeões. Após a partida, o guardião esloveno admitiu que nos penáltis é preciso sempre um pouco de sorte para vencer.

«Digo sempre que nos penáltis é preciso um pouco de sorte. Tens de escolher o lado certo e defender a bola. Digo sempre que se o jogador rematar de forma perfeita é impossível pará-lo. O que importa hoje é a vitória e a passagem aos quartos de final», começou por dizer.

«No ano passado, o Inter jogou a final e acho que merecia mais. Mas futebol é futebol e a cada jogo as coisas podem mudar. Eles foram espetaculares e nós não fomos tão bons, mas vencemos. Deixámos a nossa alma aqui», concluiu o antigo guarda-redes do Benfica.

Relacionados

Patrocinados