Protesto no Varzim: jogadores imóveis no relvado devido a salários em atraso

7 abr, 17:52
Liga 3 (FPF)

Protesto demorou um minuto no jogo entre o Varzim e o Lusitânia de Lourosa

De forma a protestar contra os três meses de salário em atraso do grupo de trabalho, este domingo, os jogadores do Varzim, da Liga 3, ficaram parados no relvado, após o apito inicial do jogo com o Lusitânia de Lourosa. A causa do protesto foi confirmada por uma fonte do plantel poveiro, em declarações à Lusa.

No início da partida referente à oitava jornada da fase de Apuramento de Campeão da competição, os jogadores do Varzim ficaram imóveis no relvado, algo que os adversários respeitaram, tendo apenas trocado a bola e sem efetuar nenhum ataque à baliza do Varzim.

O Varzim tem sido gerido por uma comissão administrativa e vive uma grave crise financeira, que tem afetado o clube, especialmente o plantel principal.

Relativamente à classificação, o Varzim está em oitavo e último lugar da fase de Apuramento de Campeão da Liga 3, com quatro pontos, enquanto que o  Lusitânia de Lourosa está em segundo, com 16.

Relacionados

Patrocinados