Pai e madrasta de Valentina ficam em prisão preventiva

13 mai 2020, 12:01
Sandro Bernardo

Medida de coação decretada esta quarta-feira

O pai e a madrasta de Valentina vão ficar em prisão preventiva, enquanto aguardam julgamento. A decisão foi decretada esta quarta-feira, pelo juiz de instrução, Gil Vicente, do Tribunal de Leiria.

A medida de coação mais gravosa a Sandro Bernardo e Márcia está relacionada com suspeitas do homicídio da menina de nove anos e respetiva ocultação de cadáver, como pode ler na TVI24.

A moldura penal para o crime de homicídio qualificado pode ir até 25 anos de prisão, pena máxima em Portugal. Ocultação de cadáver pode ir até aos cinco anos.

Relacionados

Mais Lidas

Patrocinados