Costa realça que foi Jerónimo quem deu "o primeiro corajoso e decisivo passo" para a Geringonça

Agência Lusa , DCT
6 nov, 13:48
António Costa

António Costa referia-se à governação entre 2015 e 2021 com apoio parlamentar dos partidos à esquerda do PS

O primeiro-ministro e secretário-geral do PS, António Costa, expressou este domingo "profunda estima" pelo secretário-geral cessante do PCP, Jerónimo de Sousa, e realçou que foi dele "o primeiro, corajoso e decisivo passo" para a chamada Geringonça.

"Antes da dimensão política, evoco a sua cordialidade e empatia e a profunda estima que me liga a Jerónimo de Sousa", escreveu António Costa, na sua conta na rede social Twitter.

"Saúdo o militante e o dirigente do PCP. E recordo que foi ele que deu o primeiro, corajoso e decisivo passo que, em novembro de 2015, abriu as portas a uma nova relação na esquerda portuguesa", acrescentou o primeiro-ministro e secretário-geral do PS.

António Costa referia-se à governação entre 2015 e 2021 com apoio parlamentar dos partidos à esquerda do PS, solução que ficou conhecida como Geringonça.

No sábado à noite, o PCP anunciou através de comunicado que Jerónimo de Sousa, "refletindo sobre a sua situação de saúde e as exigências correspondentes às responsabilidades que assume, colocou a questão da sua substituição nas funções que desempenha" como secretário-geral do PCP.

No próximo sábado, 12 de novembro, em reunião do Comité Central do PCP, "será feita a proposta de eleição de Paulo Raimundo para secretário-geral do PCP", lê-se no mesmo comunicado.

Relacionados

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados