Novo sismo de 6,0 atinge Japão

Andreia Miranda , com Lusa
9 jan, 09:38
Sismo no Japão (DR)

Atividade sísmica continua a ser sentida na península de Noto e arredores cerca de uma semana depois do sismo de magnitude 7,6, tendo sido registados, até agora, perto de 1.248 abalos de intensidade mensurável

Um novo sismo de 6,0 atingiu, esta terça-feira, o Japão. De acordo com a Agência Meteorológica do Japão, o abalo foi registado às 17:59 (8:59 em Lisboa) com uma profundidade de dez quilómetros.

Dez minutos depois, o sismo foi seguido de uma réplica de 3,9.

O novo abalo acontece no dia em que as autoridades divulgaram um novo balanço provisório do número de mortos causado pelo sismo de dia 1 de janeiro. Segundo as autoridades de Ishikawa, onde ocorreu o desastre, o terramoto fez pelo menos 202 mortos.

As equipas de socorro continuam as operações de busca pelos desaparecidos, cujo número tem variado devido às dificuldades de contagem em zonas isoladas, com acesso dificultado pelo corte de estradas danificadas no sismo.

Mais de três mil habitantes da península continuam isolados do mundo enquanto aguardam socorro, atrasado pela chuva, neve e deslizamentos de terra.

O primeiro-ministro japonês, Fumio Kishida, pediu hoje aos ministros que “resolvam” o problema das comunidades ainda isoladas na península de Noto e “continuem tenazmente as operações de resgate”.

Cerca de 28 mil pessoas continuam deslocadas e mais de 15 mil residências estão ainda sem energia, quando os termómetros marcam temperaturas negativas nas áreas afetadas, levando as autoridades a pedir atenção a possíveis situações de hipotermia.

O Governo do Japão está a tentar transferir os deslocados para centros fora das zonas de desastre, onde o fornecimento de bens de primeira necessidade não constitui um problema.

As autoridades nipónicas pediram precaução redobrada devido ao temporal de chuva e neve nas zonas afetadas pelo sismo.

A atividade sísmica continua a ser sentida na península de Noto e arredores cerca de uma semana depois do sismo de magnitude 7,6, tendo sido registados, até agora, perto de 1.248 abalos de intensidade mensurável, noticiou a televisão pública japonesa NHK.

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados