Mais de 100 detidos e 80 vítimas resgatadas em operação da Interpol contra tráfico de pessoas

Agência Lusa
9 mai, 18:02
Interpol (Foto: Getty/ Ozan Kose)

Operação “Storm Makers” contou com a participação de mais de oito países, incluindo Portugal, e realizou-se entre 21 e 25 de março

Uma operação internacional contra o tráfico de pessoas, coordenada pela Interpol e realizada entre 21 e 25 de março, que incluiu a participação de Portugal, deteve 121 pessoas em 25 países e resgatou 80 vítimas, avançou hoje a organização policial. 

Além de Portugal, Espanha, França, Alemanha, Roménia, Vietname, China ou Laos são alguns dos países que participaram nas investigações, entre outros. 

A operação, intitulada de “Storm Makers”, teve como objetivo aplicar a lei contra grupos de crime organizado suspeitos de facilitar a travessia entre fronteiras de homens, mulheres e crianças asiáticas, para mais tarde serem explorados ou vendidos.  

O dispositivo policial, que estabeleceu uma unidade de coordenação em Hanoi, no Vietname, e outra em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, conseguiu identificar 3.400 imigrantes irregulares e desencadeou 193 novas investigações judiciais, afirmou a Interpol em comunicado. 

Segundo o secretário-geral da Interpol, Jürgen Stock, os valores agora apurados por esta operação de imigrantes canalizados para redes de tráfico humano refletem a dimensão da problemática: “A Interpol continuará a tentar garantir que quem esteja por detrás destas atividades deploráveis seja levado diante a justiça”. 

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Mundo

Mais Mundo

Patrocinados