Batota retira medalha ao vencedor da Meia Maratona de Pequim

19 abr, 13:27
He Jie, vencedor da Meia Maratona de Pequim (Lee Jin-man/AP)

Organização da prova desclassificou os quatro corredores, que além das medalhas tiveram também de devolver o dinheiro dos prémios

A organização da Meia Maratona de Pequim decidiu, esta sexta-feira, anular a vitória de He Jie, após terminar uma investigação que acusava outros três atletas de terem abrandado o ritmo para o deixar vencer.

Além de terem sido retiradas as medalhas aos quatro corredores, foram também devolvidos os respetivos prémios monetários. O momento insólito tornou-se viral nas redes sociais e obrigou a um pedido de desculpa por parte do comité criado para a investigação do caso.

«Pedimos profunda e sincera desculpa ao mundo e a todos os setores da sociedade por não termos descoberto e corrigido os erros a tempo nesta corrida», pode ler-se.

Em declarações ao canal televisivo BBC Sport Africa, um dos corredores explicou que tinha sido contratado para servir como marcador de ritmo e não estava a competir para ganhar a corrida.

Relacionados

Patrocinados