VÍDEO: Atalanta surpreende em Anfield e já avista as meias-finais

11 abr, 22:10

Carrasco do Sporting venceu o Liverpool por 3-0

Surpresa em Anfield!

A Atalanta, carrasco do Sporting nesta edição da Liga Europa, foi ao terreno do Liverpool vencer por 3-0, na primeira mão dos quartos de final.

Os italianos alcançaram, provavelmente, o melhor resultado da sua história nas provas europeias e já avistam as meias-finais, onde podem cruzar com Benfica ou Marselha.

A equipa de Gian Piero Gasperini, que por estes dias tem sido apontado como possível treinador do FC Porto caso André Villas-Boas vença as eleições, entrou bem na partida e disposta a jogar olhos nos olhos com os «reds», que apresentaram alguma rotação no onze.

Logo aos três minutos, o guarda-redes Caoimhín Kelleher teve de defender o remate de Pasalic com a cara, mas o Liverpool conseguiu igualar forças com o conjunto de Bérgamo e, depois dos primeiros momentos, assumiu as rédeas do jogo.

Os comandados de Jurgen Klopp desperdiçaram algumas oportunidades, entre as quais uma de Darwin Núñez na cara do guarda-redes e outra de Harvey Elliott, que rematou à trave. Ainda assim, foi a Atalanta quem chegou ao golo.

Aos 38 minutos, Zappacosta tirou um cruzamento atrasado e Gianluca Scamacca apareceu, na passada, a rematar para golo, num lance em que Kelleher ficou muito mal visto.

A Atalanta, perigosa nos contra-ataques, terminou a primeira parte por cima e até podia ter aumentado a vantagem, não fosse Teun Koopmeiners desperdiçar uma grande ocasião, na cara do guardião do Liverpool.

Klopp fez três mudanças ao intervalo e lançou «pesos pesados» como Robertson, Salah e Szoboszlai. As mexidas surtiram efeito, isto porque os «reds» entraram com outra dinâmica e criaram várias ocasiões de golo no recomeço.

Ainda assim, defensivamente, os problemas continuaram. Em cima da hora de jogo, Charles De Ketelaere apareceu no corredor direito e tirou o cruzamento para a área, onde apareceu Scamacca, completamente isolado.

O Liverpool sentiu o golo, mas continuou em busca de reduzir a desvantagem. Ainda assim, já com Diogo Jota em campo, após quase dois meses ausente por lesão, os «reds» voltaram a sofrer.

Scamacca recuperou a bola em zona adiantada, serviu Éderson, que permitiu a defesa a Kelleher, mas, na recarga, Pasalic encostou para o 3-0 final.

Nos descontos, Jota ainda ficou à beira do golo, mas o cabeceamento saiu por cima.

O próximo jogo está marcado para 18 de abril e o Liverpool vai ter de fazer algo semelhante a 2020, quando goleou por 5-0 em Bérgamo. Por enquanto, os «reds» têm de receber o Crystal Palace e os italianos terão pela frente o Verona.

Com esta derrota, chega assim ao fim uma série do Liverpool de quase 14 meses sem perder um jogo em casa. A última derrota foi a 21 de fevereiro de 2023, frente ao Real Madrid, por 5-2.

Relacionados

Patrocinados