Autoridades iranianas prendem jogador por «propaganda» contra o regime

24 nov 2022, 16:38
Voria Ghafouri (Getty)

Voria Ghafouri foi detido esta quinta-feira após uma sessão de treino

O futebolista Voria Ghafouri foi detido, nesta quinta-feira, pelas autoridades iranianas, acusado de espalhar «propaganda» contra o regime, de acordo com AFP, que cita, por sua vez, a agência de notícias iraniana, Fars.

De acordo com a mesma fonte, o jogador de 35 anos foi detido após uma sessão de treino no Foolad, seu clube atual, sob a acusação de «denegrir a reputação da seleção nacional e espalhar propaganda contra o Estado».

Ghafouri esteve nos convocados do Irão para o Campeonato do Mundo de 2018, mas não foi um dos eleitos para a edição deste ano da prova.

Nos últimos dois meses, o Irão tem vivido momentos tumultuosos com manifestações provocadas pela morte da curda-iraniana Mahsa Amini, de 22 anos, depois de ter sido presa por uma suposta violação código do vestuário da país. Os protestos transformaram-se num amplo movimento contra o regime.

Mais Lidas

Patrocinados