Xavi avança com proposta para acabar com o «vírus FIFA»

30 set, 16:44
O primeiro treino de Xavi Hernández no Barcelona

Treinador do Barcelona defende uma única janela FIFA de um mês e meio para os jogos internacionais

Xavi Hernandez, treinador do Barcelona, avançou com uma proposta para acabar com o «vírus FIFA» depois de ter perdido vários jogadores que contraíram lesões ao serviço das respetivas seleções. Na antevisão do jogo com o Maiorca, o antigo internacional espanhol propôs que haja apenas uma janela FIFA por temporada.

O treinador começa por recordar que a sua equipa estava a controlar bem a condição física dos seus jogadores desde o início da época, mas a paragem para os jogos internacionais acabou por condicionar o seu plantel com as sucessivas lesões do espanhol Hector Bellerín, do uruguaio Ronald Araújo, do francês Jules Koundé e os neerlandeses Memphis Depay e Frenkie de Jong.

«A FIFA tem um plano para fazer um Mundial a cada dois anos. A solução é que a seleção jogue durante um mês e meio seguidos e depois os jogadores passem o resto do ano nos clubes. Penso que seria uma boa solução», destacou o treinador do Barcelona em conferência de imprensa.

A lesão do central uruguaio Ronald Araújo, que teve mesmo de ser submetido a uma intervenção cirúrgica e tem o Mundial em risco, foi a que mais irritou o treinador. «A que mais me incomoda é a do Ronald porque é de longa duração. Teve de ser operado e é a que me entristece mais, por ele e pela equipa, porque ele estava a ajudar-nos muito atrás», destacou ainda Xavi.

Relacionados

Patrocinados