Saiba tudo sobre o Euro aqui

Amanda quer cinco milhões de dólares: porque a massa não ficou pronta nos 3,5 minutos prometidos na embalagem

2 dez 2022, 15:22
Macarrão com queijo (Getty)

Cliente da Florida quer ainda que a empresa reponha a verdade, reconhecendo que a preparação leva mais tempo

O copo de macarrão com queijo promete que a refeição fica pronta no micro-ondas “em 3,5 minutos”. Mas quando Amanda Ramirez acabou o processo percebeu que levou mais tempo a fazê-lo. E agora quer cinco milhões de dólares (cerca de 4,8 milhões de euros) da empresa que produz esta refeição.

A mulher fez entrar, em novembro, a ação judicial num tribunal da Florida. Na mesma, alega que o tempo anunciado não corresponde ao tempo real de preparação, porque não contabiliza muitas das ações necessárias: abrir a tampa, rasgar o pacote do queijo, despejar esse pó na embalagem, colocar água a ferver e mexer tudo.

Amanda Ramirez considera que foi levada ao engano e pagou mais do que devia, porque se soubesse que o tempo de preparação era superior a 3,5 minutos não teria gastado tanto. O processo pede à empresa que “cesse a sua publicidade enganosa” e faça uma campanha para repor a verdade.

A empresa alvo do processo, a Kraft, a maior empresa alimentar dos Estados Unidos e a segunda no mundo, já tomou conhecimento deste caso, que classifica como “frívolo”.

Este não é exemplo único: este ano, um nova-iorquino deu entrada de um processo contra a McDonald’s, alegando que os hambúrgueres eram 15% maiores na publicidade.

E.U.A.

Mais E.U.A.

Mais Lidas

Patrocinados