A superproteção a Gonçalo Ramos: seguranças com escudos e rede portátil

1 abr, 11:01
Gonçalo Ramos celebra golo no Marselha-PSG (Xavier Laine/Getty Images)

Avançado do PSG marcou em Marselha e provocou a ira dos adeptos. Momento obrigou os seguranças a agir, mas a atrapalhação foi notória

O Vélodrome é um dos estádios com um dos ambientes mais efervescentes de França e neste domingo fez-se jus à fama do anfiteatro do Marselha.

Durante a celebração do 2-0 do Paris Saint-Germain, Gonçalo Ramos festejou com os companheiros de forma bastante efusiva junto à linha lateral. De olhos fixos na bancada dos adeptos da equipa da casa, mostrou o símbolo, bateu com a mão no peito e colocou a mão junto ao ouvido. Um clássico do mundo da bola, assim como também é um clássico esse tipo de celebrações ser mal recebido.

Ato contínuo, começaram a chover objetos no relvado e os elementos do corpo de segurança no Vélodrome não tiveram mãos a medir. Sacaram dos escudos para garantir a integridade do ex-jogador do Benfica e companheiros e até usaram uma rede protetora portátil que estava ali ao dispor caso surgisse um momento de crise. Ou melhor: tentaram usar, porque a atrapalhação no momento foi evidente.

Veja o momento captado por um adepto:

 

Relacionados

Patrocinados