Onze incêndios mobilizam 1842 operacionais em todo o país: "Vamos ter uma noite muito longa"

CNN Portugal , MJC
21 ago, 20:20
Proteção Civil preocupada com evolução dos incêndios nas próximas horas

Incêndios de Vila Real é o que inspira mais preocupação, mas Alenquer e Ourém continuam ativos

Neste momento há 11 ocorrências que inspiram cuidados e que mobilizam 1842 operacionais, 574 meios terrestres e 26 meios aéreos, revelou André Fernandes, comandante nacional de Emergência e Proteção Civil, num ponto da situação dos incêndios em Portugal, às 20.00.

Os incêndios de Vila Real, Alenquer e Ourém são aqueles inspiram mais preocupação.

Em Samardã, Vila Real, "o fogo está muito forte" e com progressão no sentido do vento. "A prioridade de ação é conter a cabeça do incêndio na Nacional 15 e evitar para evitar que chegue a habitações", explica este responsável. "Vamos tentar contê-lo durante a noite mas sabemos que será difícil. De qualquer forma, vamos tentar conter o seu perímetro."

Mais otimistas são as previsões para os incêndios em Alenquer e Ourém: espera-se que sejam dominados durante a noite. Em Alenquer a prioridade é evitar que o incêndio entre no perímetro florestal da Serra de Ota. A ocorrência de Ourém, que levou ao corte da Linha do Norte, já se encontra "em evolução para a estabilidade". 

"Espera-se que a noite traga alguma janela de oportunidade, humidade do ar vai subir e o vento vai diminuir." De qualquer forma, André Fernandes avisa: "Vamos ter uma noite muito longa e com muito trabalho".

Nos últimos três dias a Proteção Civil registou 218 ignições. Hoje foram registadas 83 ignições, ontem foram 108 e na sexta-feira 103. Porto, Viana do Castelo, Aveiro, Lisboa e Vila Real foram os distritos com mais ocorrências.

Em Vila Real, há a registar hoje quatro feridos ligeiros, entre os dos quais três bombeiros e um civil.

 

Relacionados

País

Mais País

Patrocinados