Rússia testa "com sucesso" míssil balístico intercontinental

Agência Lusa , AG
12 abr 2023, 08:14
Míssil balístico intercontinental da Rússia (Alexander Zemlianichenko/AP)

Lançamento ocorreu a menos de 500 quilómetros da Ucrânia, com o míssil a viajar por três mil quilómetros

O Ministério da Defesa da Rússia anunciou esta quarta-feira ter lançado um míssil balístico intercontinental a partir de uma base militar no sul do país, situada a menos de 500 quilómetros da fronteira com a Ucrânia.

"Em 11 de abril de 2023, uma equipa de combate das Forças de Mísseis Estratégicos lançou com sucesso um míssil balístico intercontinental a partir de um sistema móvel de mísseis terrestres” na base de Kapustin Yar, na região de Astrakhan, pode ler-se no comunicado.

O ministério indicou que o objetivo do lançamento foi testar equipamentos avançados de combate, confirmar a exatidão do desenho da rota de voo e das soluções técnicas utilizadas no desenvolvimento de novos sistemas de mísseis.

Na mesma nota referiu-se que "o lançamento foi concluído na sua totalidade", depois do míssil, lançado junto ao mar Cáspio, ter atingido o alvo, num campo de treino militar em Sary Shagan, no Cazaquistão, a cerca de três mil quilómetros de distância.

A invasão russa da Ucrânia, em 24 de fevereiro de 2022, desencadeou uma guerra que mergulhou a Europa na pior crise de segurança desde a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

A Ucrânia tem contado com o fornecimento de armas pelos seus aliados ocidentais para combater as tropas russas.

Os aliados de Kiev também têm imposto sucessivos pacotes de sanções económicas a Moscovo para tentar diminuir a capacidade russa de financiar o esforço de guerra na Ucrânia.

Europa

Mais Europa

Patrocinados