Viktor Medvedchuk, o grande aliado de Putin que andava disfarçado com o uniforme militar da Ucrânia

12 abr, 23:17

Foi detido esta terça-feira pelos Serviços de Segurança ucranianos

O Serviços de Segurança da Ucrânia anunciaram, esta terça-feira, a detenção de Viktor Medvedchuk, um deputado ucraniano que colaborava com Vladimir Putin. É considerado um dos grandes aliados do presidente russo e estava em parte incerta desde fevereiro.

Numa publicação no Twitter, os Serviços de Segurança explicam que Medvedchuk trabalhou "para o estado agressor durante anos" e, quando foi capturado, estava a usar um uniforme militar com a bandeira da Ucrânia  no braço esquerdo como "disfarce". 

Foi também através das redes sociais que Volodymyr Zelensky deu conta da captura do deputado pró-russo. "Uma operação especial que foi realizada com sucesso graças ao Serviço de Segurança da Ucrânia. Bom trabalho! Mais detalhes depois. Glória à Ucrânia", escreveu. Na foto é possível ver-se o o aliado de Putin algemado. 

Entretanto, Zelensky já propôs trocar o político pró-Rússia por prisioneiros de guerra. 

“Ofereço à Federação Russa a troca deste homem pelos nossos meninos e meninas que estão atualmente em cativeiro na Rússia”, salientou o chefe de Estado ucraniano num vídeo divulgado na rede social Telegram.

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, recusou no imediato comentar esta detenção às agências de notícias russas, realçando que "há muitas alegações falsas vindas da Ucrânia" que precisam de "ser verificadas primeiro".

Viktor Medvedchuk, de 67 anos, estava em prisão domiciliária, desde maio de 2021, mas fugiu três dias depois da Rússia ter invadido a Ucrânia. O seu paradeiro era desconhecido até ter sido capturado esta terça-feira.

Estava acusado de traição à pátria e "tentativa de roubo de recursos naturais na Crimeia", península ucraniana anexada pela Rússia em 2014.

Medvedchuk era ainda líder do maior partido de oposição ucraniano: Plataforma de Oposição Pela Vida, que tinha cerca de 30 deputados. Um dos partidos que Zelensky já tinha suspendido por alegadas ligações à Rússia.

O 12.º homem mais rico da Ucrânia em 2021, com 620 milhões de dólares (cerca de 572 milhões de euros) segundo a revista Forbes, Medvedchuk é conhecido pela sua ligação com o Presidente russo Vladimir Putin, que é padrinho de uma das filhas do político ucraniano.

Europa

Mais Europa

Patrocinados