Grimaldo: «O Benfica não queria fazer certos esforços que eu merecia»

20 abr, 11:58
Benfica vs Santa Clara

Lateral espanhol falou sobre a saída do Benfica, elogiou Xabi Alonso e partilhou que foi mesmo ele um dos pontos cruciais para se ter mudado para a Alemanha

Alejandro Grimaldo deu uma entrevista à revista espanhola Esquire  e falou sobre a saída do Benfica, admitindo mesmo que queria renovar contrato, mas o clube «não fez certos esforços» que ele achava que merecia. 

«Foi um pouco por etapas. A verdade é que no ano passado fiz uma temporada fantástica e a minha mentalidade no início era renovar e em teoria o clube também queria que eu renovasse, mas não queriam ultrapassar a margem salarial, não queriam fazer certos esforços que eu acreditei naquele momento que eu merecia. Então, quando começamos a negociar, eles não querem fazer esses esforços, nem mesmo chegar perto. Então decido dar uma olhada em outros sítios. Recebi ofertas da liga espanhola, da Premier, da liga francesa, da Bundesliga», disse o futebolista que representou as águias durante oito épocas.

Atual campeão alemão com a camisola do Bayer Leverkusen, Alejandro Grimaldo, afirmou que a conquista inédita do título história do clube se deveu muito a Xabi Alonso, treinador do clube alemão.

Com 11 golos e 16 assistências na presente temporada, o lateral esquerdo confessou que seguiria o técnico onde quer que fosse: «É claro que tenho uma relação muito especial com ele, cresci muito como jogador e quero crescer ainda mais. Gostaria de continuar ao seu lado, seja no Bayer Leverkusen ou outro lado», referiu, em entrevista à revista Esquire.

Sobre a possibilidade de se juntar ao Real Madrid, eterno rival do Barcelona, clube onde fez a formação, Grimaldo disse que «teria de ser algo visto nessa altura».

No Lerverkusen desde o verão passado, e depois de oito épocas de águia ao peito, o espanhol admitiu que Xabi Alonso foi um dos pontos cruciais para a tal mudança.

«Xabi Alonso contacta-me e é aí que ocorre a mudança. Ele fez isso duas, três vezes, ficou muito interessado. E no final eu não queria apenas que o clube estivesse interessado em mim, mas que o treinador apostasse em mim. No final é ele quem vai dar confiança e fazer-me crescer. Mostraram-me o projeto deles e chegámos a um acordo», partilhou.

A poucos meses do início do Europeu 2024, Grimaldo abordou também um possível próximo destino, destacando que «no futuro nunca se sabe», mas que neste momento está «muito feliz» em Leverkusen.

«Saída? Não estou a pensar nisso agora. Quero ganhar títulos, quero terminar a temporada em grande e ir para o Europeu. No futuro nunca se sabe o que pode acontecer, tenho que analisar tudo. Se quiser fazer novos projetos, preciso de ver se o que fiz em Leverkusen está encerrado ou se quero continuar. Estou muito feliz este ano. Gosto muito do clube, das pessoas. No verão, depois do Euro vamos sentar-nos para ver qual é o próximo passo, se é continuar em Leverkusen ou ir para outro lugar», concluiu.

Relacionados

Patrocinados