Gangue assalta à mão armada e lava dinheiro em criptomoedas

13 jul, 12:28
Polícia Judiciária

Na origem do esquema, estão crimes de roubo qualificado - praticados com violência, nomeadamente através de homejackings. Sete pessoas foram detidas pela PJ

Sete pessoas foram detidas pela Polícia Judiciária, na terça-feira, por uma série de crimes violentos e lavagem de dezenas de milhares de euros com proveniência ilícita através de um sofisticado esquema que passa pela darkweb, nomeadamente com a aquisição de criptomoedas tendo como objetivo que não sejam transações rastreáveis pelas autoridades, apurou a TVI/CNN Portugal.

Em causa, na origem do esquema, estão crimes de roubo qualificado - praticados com violência, nomeadamente através de homejackings, em que as vítimas são sequestradas em casa e ameaçadas para entregarem dinheiro, bens e cartões de crédito que são depois utilizados pelo grupo organizado de assaltantes que foi alvo de buscas e detenções pela Unidade Nacional de Contraterrorismo da PJ.

Também a unidade de combate ao cibercrime da PJ esteve empenhada na operação, que contou com dezenas de inspetores, por causa da vertente das criptomoedas - que diz respeito ao branqueamento de capitais pela forma como os proveitos dos roubos são transacionados pela rede criminosa com vista a lavar as fortunas obtidas com os assaltos.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados