Alemanha
81'
2 - 0
Hungria

Villas-Boas toma posse como presidente do FC Porto: «Damos início a uma nova era»

Ricardo Jorge Castro , Estádio do Dragão, Porto
7 mai, 13:03

Novo presidente da direção fala em «três pilares» essenciais e deixa garantia a Pinto da Costa

André Villas-Boas tomou posse, esta terça-feira, como o novo presidente do FC Porto: o 32.º da história do clube.

Numa cerimónia realizada na tribuna VIP do Estádio do Dragão, com 450 convidados, Villas-Boas tomou posse pelas 12h20. Foi ovacionado de pé pelos presentes, incluindo os membros da direção cessante. Entre eles o presidente que terminou funções, Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do FC Porto nos últimos 42 anos com quem trocou um abraço.

«Aos 32 anos tornei-me presidente do FC Porto e agora tomo posse como 32.º presidente da história do FC Porto, o que muito me orgulha», começou por dizer Villas-Boas, nas suas primeiras palavras após a tomada de posse.

«Hoje damos início a uma nova era, para elevar o bom nome do FC Porto, respeitando a importância do seu palmarés. Vivemos até há dias um ciclo eleitoral vivo. Temos três pilares: um FC Porto dos associados, um clube dos sócios e para os sócios. Segundo, um FC Porto vencedor, indomável, imortal, temido pelos seus adversários, que joga em cada campo e em cada modalidade para ganhar. Terceiro, um FC Porto, moderno, arrojado, transparente e financeiramente sustentável. Todos amamos o FC Porto, queremos o lugar onde merece estar, o 1.º lugar», assinalou, lembrando o ato eleitoral de 27 de abril, que «decorreu de forma exemplar».

«Sinto-me honrado e orgulhoso por terem confiado e escolhido o nosso projeto para o clube. De vós, sócios e adeptos, espero exigência e vontade de vencer. Da minha equipa, garanto empenho e dedicação», prosseguiu.

Entre os convidados estiveram o presidente da Liga, Pedro Proença, o presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes, o presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira, outros presidentes de Câmara da Área Metropolitana do Porto e o presidente da Associação de Futebol do Porto, José Manuel Neves. Vários antigos jogadores e treinadores do FC Porto, do futebol às modalidades, também marcaram presença na tomada de posse.

Da ovação a Pinto da Costa à garantia que Villas-Boas lhe deixa

Além da grande ovação a Villas-Boas na tomada de posse, Pinto da Costa também recebeu uma das ovações da cerimónia. O agora ex-presidente vai ficar com assento no Conselho Superior. Outro dos momentos altos foi quando Villas-Boas deixou uma garantia para o futuro, lembrando Pinto da Costa.

«O presidente dos presidentes é obra, vitória e glória, uma folha de serviços única. Este é o FC Porto que vos deixo, cuidem dele. Pinto da Costa, assim irei fazer. O seu legado é eterno e será sempre respeitado».

«Pinto da Costa teve e continuará a ter um papel importante»

As primeiras palavras da cerimónia foram deixadas por Lourenço Pinto, que deixa o cargo de Presidente da Mesa da AG, para deixar uma «palavra de fé e esperança» à direção que se segue e também «gratidão» aos membros cessantes, com um «agradecimento profundo» a Pinto da Costa.

António Tavares, o novo Presidente da Mesa da AG do FC Porto, subiu depois ao palco e assegurou que Pinto da Costa «teve e continuará a ter um papel importante na vida do clube».

«Encaro este lugar com a responsabilidade de ser consciência crítica do clube. Este é um momento para todos os que nos antecederam nesta função, para todos os que exerceram funções nos órgãos sociais do clube, em particular para o nosso presidente Pinto da Costa».

Proença: «Villas-Boas? Teremos tempo para falar dos grandes compromissos»

Minutos antes da cerimónia no Estádio do Dragão, o presidente da Liga, Pedro Proença, garantiu aos jornalistas que vai ter «tempo para falar» com André Villas-Boas sobre os «grandes compromissos que o futebol profissional tem e onde o FC Porto tem um papel preponderante».

«É um dia importante e que marca uma viragem de um passado feito de sucesso, mas acredito que, para os associados do FC Porto, seja uma vontade de mudança. Teria de estar presente, o FC Porto é uma das grandes marcas mundiais. Desejo as maiores felicidades ao novo elenco e uma palavra de reconhecimento aos antigos órgãos sociais», referiu, ainda.

Os novos órgãos sociais do FC Porto tomaram posse para o quadriénio 2024-2028.

Relacionados

Patrocinados