José Mota: «Não perdemos ritmo, trabalhámos muitíssimo bem»

1 dez 2023, 15:35
José Mota no Farense-Sporting (LUÍS BRANCA/Lusa)

Treinador do Farense lançou o duelo com o Vitória de Guimarães

O treinador do Farense, José Mota, garantiu esta sexta-feira que a equipa não perdeu ritmo competitivo durante a pausa para as seleções, que antecedeu o jogo deste sábado, diante do Vitória de Guimarães.

«Não perdemos ritmo competitivo, porque estivemos sempre a trabalhar muitíssimo bem, com uma grande entrega dos atletas, com responsabilidade muito grande. Quando assim é, percebemos que estamos preparados para tentar dar continuidade àquilo que estamos a fazer», afirmou, citado pela Lusa, em conferência de imprensa.

O experiente técnico defendeu que «nem tudo foi negativo» nesta pausa, pois permitiu recuperar «alguns jogadores de pequenas lesões» e ainda o regresso de Velásquez, médio que sofreu há quase um ano uma grave lesão no joelho.

Sobre o Vitória, Mota disse que o objetivo passa «por dar sequência» ao ciclo de três vitórias consecutivas.

«Temos uma sequência de quatro jogos sem perder e queremos dar continuidade. Mas também é verdade que vamos defrontar um grande adversário, que luta por objetivos europeus. Um clube com aquela tradição e dimensão que todos nós conhecemos e que com certeza vai querer ter no São Luís um bom desempenho.»

O Estádio de São Luís, a casa do Farense, completa esta sexta-feira 100 anos, e José Mota espera por isso uma boa moldura humana no encontro diante dos vitorianos.

«Fazemos 100 anos do nosso estádio. Percebo que vamos ter aqui uma grande afluência de público, o povo de Faro gosta do Farense e de futebol e vamos ter aqui uma boa casa, com certeza. E que essa casa e esse público nos ajude a ultrapassar este adversário difícil», atirou.

O Farense recebe o Vitória de Guimarães este sábado, às 15h30, em jogo da 12.ª jornada da Liga.

Relacionados

Patrocinados