Excedente orçamental recua em janeiro para 1.177 milhões de euros

Agência Lusa , PF
29 fev, 19:51
Fernando Medina na apresentação sobre a estatística da dívida pública (António Pedro Santos/Lusa)

Em comunicado, o ministério liderado por Fernando Medina assinala que, apesar de se manter em terreno positivo, o saldo orçamental foi "inferior" ao do primeiro mês do ano passado, o que reflete uma subida da despesa acima da receita, com a receita fiscal a registar mesmo uma quebra homóloga de 8,0%

O Estado registou um excedente de 1.177 milhões de euros em janeiro, valor que reflete um decréscimo de 934 milhões de euros face ao mesmo mês do ano anterior, anunciou hoje o Ministério das Finanças.

Em comunicado, o ministério liderado por Fernando Medina assinala que, apesar de se manter em terreno positivo, o saldo orçamental foi "inferior" ao do primeiro mês do ano passado, o que reflete uma subida da despesa acima da receita, com a receita fiscal a registar mesmo uma quebra homóloga de 8,0%.

"A variação do saldo face a janeiro de 2023 reflete uma ligeira melhoria da receita efetiva de 0,4%" e "um aumento da despesa efetiva de 15,7%", refere o comunicado que antecede a divulgação da síntese da execução orçamental pela Direção-Geral do Orçamento (DGO).

Os dados divulgados hoje pelo Governo são na ótica da contabilidade pública, que difere da contabilidade nacional, divulgada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) e utilizada tradicionalmente nas comparações internacionais e na avaliação de Bruxelas.

Economia

Mais Economia

Patrocinados