Saiba tudo sobre o Euro aqui

Forte tempestade atinge nordeste dos EUA e deixa 700 mil casas e empresas sem energia

Agência Lusa , BCE
4 abr, 23:47
Mau tempo nos EUA (Lusa)

Queda de neve, chuva e rajadas de ventro. "Foi uma Páscoa clássica" nos EUA, mas o forte nevão foi atípico

O nordeste dos Estados Unidos foi atingido esta quinta-feira com uma forte tempestade, com neve, chuva e ventos fortes a deixarem quase 700 mil casas e empresas sem energia.

De acordo com o serviço meteorológico norte-americano, as rajadas de vento entre os 80 e 97 km/h atingiram áreas costeiras e no interior de Nova Inglaterra.

Maine e New Hampshire sofreram o impacto das interrupções de energia, com cerca de 330 mil e 174 mil casas afetadas, respetivamente, segundo o portal poweroutage.us. No total, cerca de 700.000 casas e empresas foram afetadas pelas interrupções de energia, noticiou a agência Associated Press (AP).

“Esta foi praticamente uma Páscoa clássica. É definitivamente uma tempestade de alta qualidade para abril. Não é uma loucura termos neve em abril, mas normalmente não conseguimos quantidades de dois dígitos [de centímetros de neve]”, frisou Stephen Baron, meteorologista do serviço meteorológico em York, Maine.

Mais de trinta centímetros de neve caíram em Wolfeboro, New Hampshire, onde alguns residentes afetados pelas falhas de energia ficaram em unidades hoteleiras.

Os fortes nevões também afetaram a circulação rodoviária nas partes do norte da Nova Inglaterra e Nova Iorque, tendo sido registados vários acidentes.

Uma árvore caiu na quarta-feira sobre um veículo no condado de Westchester, Nova Iorque, causando a morte a uma mulher, a única passageira, revelou a polícia. Dezenas de voos em aeroportos da região foram cancelados ou atrasados. Muitas escolas e repartições governamentais foram encerradas nas áreas do norte. Ventos fortes e chuva torrencial também atingiram Boston.

Vários estados afetados por tornados e outras condições climáticas adversas, como Oklahoma, Kentucky, Tennessee e Geórgia, continuaram hoje o trabalho de limpeza. Devido a este temporal registaram-se pelo menos três mortes no início da semana.

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados