Espanha tem a taxa de desemprego mais baixa em 15 anos

Agência Lusa , MBM
4 abr, 11:49
Secretário de Estado para o Emprego e Economia Social e Secretário de Estado para a Segurança Social e Pensões de Espanha (Eduardo Oyana/ EPA)

A Segurança Social espanhola passou a ter mais 206.410 membros em média em março, o maior aumento deste mês de toda a série, enquanto o desemprego caiu 48.755 pessoas para 2,86 milhões, o valor mais baixo de um março desde 2008.

De acordo com dados fornecidos esta terça-feira pelo ministério da Inclusão, Segurança Social e Migração espanhol, este avanço no emprego deixa o número médio total de trabalhadores registados em 20.376.552, o mais alto da série, que começou a ser publicado com estes números médios em 2001.

No que respeita ao número de pessoas registadas no Serviço Público de Emprego do Estado (SEPE) espanhol, o ministério do Trabalho sublinha que a queda do desemprego em março, mês em que as contratações começam a ser ativadas tendo em conta os meses mais fortes da época turística, é "especialmente positiva" num contexto económico de incerteza.

Relacionados

Europa

Mais Europa

Patrocinados