Parque Escolar tem 27 milhões para obras em 173 escolas secundárias

Agência Lusa , MJC
5 jan, 11:40
Regresso às aulas em confinamento

Os encargos orçamentais serão repartidos ao longo dos próximos cinco anos, estando previsto para este ano um valor aproximado de 6,5 milhões e no próximo de nove milhões

O Governo autorizou a Parque Escolar a gastar cerca de 27 milhões de euros nos próximos cinco anos para obras em 173 escolas do ensino secundário, segundo diploma publicado esta quinta-feira em Diário da República.

Os vários contratos até 2027 representam um encargo global máximo de cerca de 27,376 milhões euros, aos quais acresce o IVA, para “conservação, manutenção e apoio à exploração das escolas”, lê-se na portaria assinada pelo ministro da Educação e secretária de estado do Orçamento.

São 173 escolas que estão agrupadas em 30 lotes, atendendo a critérios de proximidade geográfica.

Os encargos orçamentais serão repartidos ao longo dos próximos cinco anos, estando previsto para este ano um valor aproximado de 6,5 milhões e no próximo de nove milhões.

Em 2025, volta a rondar os nove milhões, em 2026 desce para pouco mais de 2,6 milhões e no ultimo ano, em 2027, serão apenas 68 mil euros.

“A repartição dos encargos decorrentes da execução dos contratos não pode exceder, em cada ano económico, os valores referidos no número anterior, podendo, no entanto, o montante fixado em cada ano económico ser acrescido do saldo apurado no ano anterior”, refere o diploma.

Relacionados

País

Mais País

Mais Lidas

Patrocinados