Elefante mata mulher e reaparece no seu funeral para pisar o corpo

21 jun, 21:10
Elefante

Embora geralmente passivos, os elefantes podem ter reações violentas, principalmente quando provocados

É um caso insólito. Na Índia, uma mulher foi morta por um elefante selvagem. Mais tarde, esse mesmo elefante reapareceu no funeral e pisou o cadáver. 

Maya Murmu era uma mulher de 70 anos que estava a ir buscar água ao distrito de Mayurbhanj, em Odisha. O elefante estava no Dalma Wildlife Sanctuary e ter-se-á desviado do local por razões desconhecidas. Era um dia aparentemente normal até se cruzarem.

Segundo o jornal indiano The Print, o elefante selvagem atacou a mulher, que foi rapidamente levada para o hospital. Acabou, no entanto, por não resistir aos ferimentos.

Mais tarde, durante o funeral de Maya, uma visita inesperada: o mesmo elefante aproximou-se do local, chegou perto do cadáver e tocou no corpo - pisou-o, atirou-o e fugiu.

É uma situação incomum e inexplicável, que de acordo com Duncan McNair, advogado e fundador da organização de caridade Save The Asian Elephants, serve para recordar que, por vezes, os elefantes podem ser “perigosos e mortais”.

"Os elefantes são geralmente benignos e passivos... eles não atacam do nada pessoas que não representam ameaças à sua segurança, dos seus bebés ou algo do género", disse Duncan McNair ao Newsweek, reforçando que os elefantes normalmente reagem desta forma quando provocados ou maltratados. Deste modo, o que torna esta situação “surpreendente” é a aparente inexistência de provocação ao animal.

Mas então porquê de o elefante atacar um cadáver? Segundo Duncan McNair, "é possível que, se [o elefante] ainda estivesse por perto no momento do funeral, o que não está claro, ele possa ter reconhecido os restos mortais". "Pode ter visto ou cheirado e pode ter associado aquela mulher a alguma catástrofe para ele", o que demonstra as “habilidades cognitivas extraordinárias” deste animal.

Estas situações poderão ser cada vez mais comuns devido às alterações climáticas, que alteram as condições de vida dos elefantes. Ao perder habitats, estes animais são forçados a aproximar-se de áreas residenciais, entrando em contacto e possível conflito com os humanos.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados