"Fiquei chocada". Mulher encontra mais de 33 mil euros dentro de poltrona que recebeu de graça

CNN Portugal , BMA
28 abr, 13:34
Mulher encontra mais de 33 mil euros dentro de poltrona que recebeu de graça (Direitos Reservados/ Facebook)

Dinheiro pertencia a tio falecido do homem que estava a doar vários móveis. Caso ocorreu na Califórnia

Uma mulher encontrou mais de 33 mil euros no interior de uma poltrona que lhe tinha sido dada há cerca de um mês. 

Parece insólito, mas é verdade e aconteceu a Vicky Umodu, depois de a mulher se ter mudado para uma nova casa no sul da Califórnia, nos Estados Unidos, para ficar mais perto da filha e ajudar a cuidar dos netos.

Vicky estava à procura de móveis para rechear o novo apartamento e apercebeu-se de uma publicação no site Craigslist, onde era anunciada a oferta de móveis. Primeiro estranhou, mas foi-lhe explicado que pertenciam a um homem que tinha falecido e, dessa forma, estavam todos a ser doados.

"Sofás, mesas, cadeiras, camas - eu precisava de tudo", disse Vicky Umodu sobre a nova casa em Colton, no condado de San Bernardino, onde vive agora. 

Já na posse dos móveis, sentiu algo estranho ao colocar a almofada estofada numa poltrona. Começou por pensar que a almofada seria aquecida por dentro, mas acabou por detetar um maço de notas após abrir o fecho.

Envelopes que estavam no interior da poltrona

"Não era uma almofada aquecida, mas dava para sentir um monte de papel. Quando o tirei, fiquei chocada”, disse.

Se já tinha ficado feliz por conseguir móveis de graça, quando percebeu que havia dinheiro escondido no interior da poltrona sentiu que tinha ganhado a lotaria.

A almofada estava, na verdade, recheada de envelopes com dinheiro. “Era muito dinheiro”, disse a mulher, que decidiu de imediato contactar o homem que lhe deu os móveis. "Eu sabia que não podia ficar com o dinheiro. Tinha de o devolver”, contou.

Ao jornal norte-americano Washington Post, o vendedor disse ter ficado surpreendido ao saber de tanto dinheiro dentro de uma almofada. "Agradeci-lhe muito, a ela e ao filho, por serem boas pessoas", disse, contando ainda que deu cerca de dois mil euros a Vicky Umodu para comprar um frigorífico novo como demonstração da sua gratidão. "Eles fizeram a coisa certa, foram honestos. Atualmente, isso é uma raridade."

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados