Mulher de Dani Alves apaga das redes sociais todas as imagens com o jogador

CNN Portugal , DCT
27 jan 2023, 18:38
Dani Alves e Joana Sanz (AP Photo/Scott Garfitt)

Joana Sanz usou ainda as redes sociais para mostrar as mensagens de ódio que tem recebido desde a prisão do marido

Joana Sanz decidiu, ainda que silenciosamente, tomar uma posição quanto à detenção de Dani Alves, que é acusado de violação em Barcelona. Todas as fotografias que tinha publicado no Instagram com o marido foram apagadas, mas a modelo espanhola ainda não se pronunciou sobre o assunto.

A atitude de Joana Sanz surge depois de novas informações que vieram a público sobre o que aconteceu naquela noite de 30 de dezembro e também depois de terem sido encontradas contradições em três depoimentos de Dani Alves, conta o El Mundo.

Apesar de se ter mantido mais afastada do mundo digital, Joana Sanz chegou a partilhar uma fotografia em que dizia: “Aguenta tanta dor coração, por favor”.

A imprensa espanhola disse que a mensagem era destinada ao futebolista, mas a espanhola desmentiu, garantindo que a mensagem era para si mesma, devido a tudo o que estava a passar.

No entanto, a modelo de 29 anos recorreu ao Instagram ainda esta sexta-feira para partilhar algumas stories (publicações que ficam apenas disponíveis por 24 horas) em que mostra as mensagens de ódio que tem recebido desde a detenção do jogador, com quem é casada desde 2017.

“O teu marido é um violador”, “quão pouca vergonha tens”, “cúmplice de um violador”, lê-se nas mensagens partilhadas.

Dani Alves e Joana Sanz na passadeira vermelha do Prémio Earthshot, em 2021. (AP Photo/Scott Garfitt)

Um dia antes da detenção de Dani Alves, Joana Sanz publicou um vídeo em que se despede da mãe, que faleceu há poucos dias. 

O futebolista Dani Alves deu entrada na sexta-feira passada na prisão, em Barcelona, Espanha, por alegada violação de uma mulher na discoteca Sutton, naquela cidade, a 30 de dezembro. O juiz que investiga o caso decretou prisão preventiva sem fiança para o ex-atacante do FC Barcelona após ouvir o seu depoimento e o da vítima.

A jovem que acusa o futebolista Daniel Alves de violação renunciou a uma indemnização. De acordo com o jornal El País, a decisão da alegada vítima, de 23 anos, surgiu já depois de a juíza que tomou conta do caso lhe ter recordado que teria direito a uma compensação em caso de condenação do jogador brasileiro, uma vez que estariam em causa lesões físicas e danos morais.

Relacionados

Europa

Mais Europa

Mais Lidas

Patrocinados