Durante quanto tempo podemos usar a máscara N95?

CNN , Kristen Rogers
16 jan, 15:00
Máscara N95. Foto: AP

Está pronto para trocar as suas antigas máscaras de tecido pelo modelo N95, como recomendam alguns especialistas, mas o preço mais caro e o facto de ser de uso único estão a fazê-lo hesitar. Durante quanto tempo pode realmente usar uma N95 e proteger-se a si e aos outros do risco da covid-19?

"Uso a minha durante uma semana”, disse Linsey Marr, professor de engenharia civil e ambiental da Virginia Tech.

O material e a capacidade de filtragem de uma máscara N95 não “se vão degradar, a menos que a esfreguemos fisicamente ou lhe façamos buracos”, disse Marr. “Teríamos de estar num ambiente realmente poluído... durante vários dias, até que ela perdesse a capacidade de filtrar as partículas. Portanto, podemos realmente usá-las durante um longo período.”

“Tem-se falado em 40 horas. Acho isso muito bem. A verdade é que acaba por ficar nojenta ou os elásticos vão perdendo força ou talvez até se partam antes de a máscara perder a capacidade de filtragem”, acrescentou.

A razão pela qual as máscaras N95 são designadas como de uso único é porque são categorizadas como máscaras de uso médico, disse Erin Bromage, professor-adjunto de biologia da Universidade de Massachusetts Dartmouth.

Nos ambientes clínicos, os profissionais de saúde trocam de máscara com mais frequência para evitar “contaminar o quarto do paciente com equipamento usado no quarto de uma pessoa infetada, e depois passar para o quarto seguinte e transportar a infeção”, disse ele. “Quando pegamos numa coisa médica de uso único e a disponibilizamos ao público geral, não estamos preocupados com a contaminação cruzada dos diferentes ambientes em que estamos. Trata-se realmente de providenciar proteção própria.”

As N95 “costumavam custar apenas cerca de um dólar cada”, acrescentou Bromage, mas os preços subiram recentemente, pois a procura por essas máscaras aumentou devido às preocupações com a variante Ómicron. Se reutilizarmos uma máscara N95 com segurança, conseguimos usá-la durante dois ou três dias, pelo menos, acrescentou Bromage, mas “entendo que, ainda assim, represente uma despesa considerável.”

Alguns departamentos locais de saúde pública, como os departamentos de saúde do Maryland e de Milwaukee, estão a oferecer gratuitamente máscaras N95.

Eis o que mais deve saber sobre o uso e a reutilização com seguranças das máscaras N95.

Porquê as N95?

Em comparação com as máscaras de tecido, as N95, adequadamente ajustadas, evitam que as partículas minúsculas entrem no nariz ou na boca graças a certos materiais – como fibras de polipropileno – que atuam como barreiras mecânicas e eletrostáticas ao ar partilhado, o principal fator de infeção por coronavírus.

A diferença entre as máscaras N95 e KN95 é o local onde a máscara é certificada, segundo o departamento de saúde do estado do Oklahoma. Os EUA certificam as N95 e a China aprova as KN95. Cerca de 60% das máscaras KN95 vendidas nos EUA são falsificadas e não cumprem os requisitos do Gabinete Nacional de Saúde e Segurança Operacional, segundo o Centro de Controlo de Doenças.

“Se forem feitas de acordo com o padrão e certificadas pelos conselhos adequados nos seus países, como o NIOSH nos EUA, fazem todas a mesma coisa”, disse Bromage à CNN. “Mas há uma tonelada de imitações que não são certificadas, entre as KN95, e que até podem cumprir os padrões, mas não têm certificação. E há outras que simplesmente não os cumprem.”

As máscaras N95 “não são feitas para crianças”, disse Marr. “As crianças maiores, como o meu filho de 10 anos, podem usar uma N95 de tamanho pequeno (destinada a adultos).”

“Se virem uma N95 comercializada para crianças, isso é um sinal de alerta”, acrescentou Marr. “Haverá KN95 e KF94 que são projetadas e comercializadas para crianças. Estas máscaras representam o mesmo problema que discutimos para os adultos, que é garantir que são obtidas através de uma fonte fidedigna, porque há um problema com as KN95 falsas que não protegem tanto quanto deveriam.”

O Projeto N95, do National Clearinghouse, que trabalha para dar um acesso equitativo a equipamentos de proteção individual e testes de coronavírus, é uma fonte fidedigna de máscaras N95 e KN95, disse Marr.  

As KF94 são máscaras de padrão coreano.

Pode ter de experimentar algumas marcas e formas diferentes de KN95, KF94 ou N95 de tamanho pequeno para encontrar uma que se adapte bem e seja confortável para o seu filho, disse Marr. Se ainda tiver problemas em ajustar a máscara ao rosto do seu filho, pode dar um nó nos elásticos ou nas fitas, para garantir que a máscara se ajusta bem, sugeriu. O CCD tem um vídeo sobre o método dos nós e o ajuste, que pode ajudar.  

Reutilizar uma máscara N95 - e quando não o fazer

Para reutilizar as máscaras N95 com a maior segurança possível, evite tocar na parte externa frontal da máscara ao colocá-la, disse Marr. Em vez disso, tente manuseá-la pelas bordas ou pelos elásticos. “Sem qualquer dúvida, evite a parte da frente, onde respira, mesmo à frente do nariz e da boca”, acrescentou.

Mesmo depois de usar uma N95 num ambiente fechado e com muita gente, como uma carruagem de metro, Marr disse que “as máscaras são realmente projetadas para lidar com muitas partículas e vão continuar a funcionar”.

No entanto, a exposição a uma pessoa infetada deve afetar a sua abordagem. Se “eu trabalhasse num escritório com uma máscara N95, e alguém do escritório testasse positivo, eu saberia que estava bem protegido”, disse Bromage. “Mas, provavelmente, deitaria fora essa máscara. Porque essa máscara fez o seu trabalho de travar o vírus e não quero correr o risco de o vírus estar na máscara e entrar em contacto com as minhas mãos ou algo assim.”

É possível que, sem sabermos, tenhamos estado perto de uma pessoa infetada em qualquer espaço público, como o metropolitano ou o supermercado, enquanto usávamos uma máscara N95. Ficar a pelo menos dois metros de distância dos outros, sempre que possível, pode ajudar a reduzir o risco de covid-19.  

Se a máscara ficar húmida, visivelmente suja, dobrada, amarrotada ou danificada de outra forma, até pelo uso de maquilhagem, tem de ser substituída, pois essas condições podem diminuir a eficácia da máscara, disseram Marr e Bromage.

“Quanto mais a usamos, mais ela retém material – o que significa que a respirabilidade, a resistência da máscara, começa a diminuir”, disse Bromage. “Um dos primeiros indicadores de estar na hora de trocá-la, mesmo parecendo limpa, é quando parece que é mais difícil respirar. Parece haver mais resistência a cada respiração.”

Como limpar as máscaras N95

Quanto mais tempo e mais frequência usar uma máscara N95, mais contaminada ela pode ficar. Mas as partículas vão morrer ao longo de algumas ou várias horas, disse Marr, e morrem ainda mais depressa se deixarmos a zona que cobre o rosto exposta à luz solar.

“Coisas como a temperatura e a luz solar produzem os seus efeitos, mas não vamos pôr as máscaras no forno ou no micro-ondas”, disse Bromage. “Eu punha a minha no tabliê do meu carro, no verão, e isso fazia mais do que suficiente em termos de calor e luz solar direta. Mas, na realidade, não há qualquer limpeza que prolongue a vida útil da máscara, pelo menos, nada que esteja à disposição de uma pessoa comum."

Como as máscaras N95 têm uma carga estática especial que ajuda a filtrar o vírus, não devem ser lavadas, pois a água dissipará a carga, disse Marr.

No geral, o risco de contaminação por reutilização de máscaras N95 é “menor, muito menor, do que o risco de não usar uma N95 e respirar as partículas”, disse Marr. “Não quero que as pessoas evitem usar uma N95 porque estarem preocupadas com a contaminação numa N95. A N95 oferece grandes benefícios."

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados