Volta a França: Kämna vence destacado, Roglic defende amarela

15 set 2020, 17:24
Lennard Kämna venceu a 16.ª etapa do Tour

Ciclista alemão chegou destacado à meta com quase 17 minutos de vantagem sobre o líder da geral

Quatro dias depois de ter terminado em segundo, em Puy Mary, o ciclista alemão Lennard Kämna, da Bora-hansgrohe, venceu esta terça-feira isolado a 16.ª etapa da Volta a França, destacando-se de um grupo de 22 «fugitivos» na ponta final da etapa. O camisola amarela Primoz Roglic chegou com quase 17 minutos de atraso, mas manteve as diferenças para os principais opositores na classificação geral.

Kämna destacou-se na parte final dos 164 quilómetros entre La Tour-du-Pin e Villard-de-Lans, cortando a meta com o tempo de 04:12.52 horas, e relegando o equatoriano Richard Carapaz (INEOS) para a segunda posição, a 01.27 minutos, e o suíço Sébastien Reichenbach para a terceira, a 01.56.

Roglic chegou integrado no grupo dos favoritos e manteve as diferenças na geral. O ciclista esloveno vai partir, na quarta-feira, para os 170 quilómetros entre Grenoble e o Col de la Loze (de categoria especial), que incluem a passagem no mítico Col de la Madeleine, com 40 segundos de vantagem para segundo classificado na geral, o seu compatriota Tadej Pocagar, e 01.34 minutos para o terceiro, o colombiano Rigoberto Úran (Education First).

Nélson Oliveira, por seu lado, chegou na 77. ª posição, a quase 25 minutos do vencedor, destacando-se, agora, na 62. ª da classificação geral.

O final da 16. ª etapa:

Relacionados

Patrocinados