Pelo menos quatro mortos devido a fuga de gás em mina de carvão no Cazaquistão

Agência Lusa , AM
3 nov, 06:41
Mineiro

Uma pessoa está ainda a ser procurada

Pelo menos quatro pessoas morreram hoje e quatro ficaram feridas, na sequência de uma fuga de gás numa mina de carvão no Cazaquistão, disseram as autoridades.

"A 03 de novembro, em Shakhtinsk, na mina de Lenin, propriedade da ArcelorMittal, uma súbita libertação de gás durante a perfuração de um poço de drenagem levou à morte de quatro trabalhadores", informou o porta-voz do ministério que tutela este setor.

"Quatro pessoas foram ainda hospitalizadas, uma pessoa ainda está a ser procurada e 106 foram retiradas", acrescentou Ruslan Imankulov à agência de notícias France-Presse (AFP).

O Cazaquistão, uma antiga república soviética e a maior economia da Ásia Central, é rico em petróleo, gás, urânio, manganês, ferro, cromo e carvão.

Os acidentes com minas são bastante comuns nos países da antiga União Soviética, devido ao estado de degradação das instalações e como ao não cumprimento de normas de segurança.

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados