«Assobios? Não é fácil para os jogadores, mas o Luisão diz que foi sempre assim»

Rafael Vaz , Estádio da Luz, Lisboa
11 abr, 22:59

A resposta de Schmidt sobre o ambiente que se viveu após a vitória do Benfica na receção ao Marselha

O treinador do Benfica, Roger Schmidt, em declarações após a vitória na receção ao Marselha (2-1), em jogo da primeira mão dos quartos de final da Liga Europa:

[Sobre os assobios dos adeptos?] «Somos o Benfica, é um clube muito exigente, com adeptos muito exigentes. No final alguns adeptos mostraram que não estavam felizes, mas vi outros que estavam muito felizes. Nem todos os benfiquistas estavam insatisfeitos. Temos de saber distinguir, não é bom pôr tudo no mesmo saco. Há alguns adeptos que criticam sempre a equipa, não conseguimos mudar isso. Não é bom, não conseguimos controlar os jogos durante 90 minutos, precisamos do apoio dos adeptos, mas é o que é. Não é fácil para os nossos jogadores, não é novo. Falo sempre com o Luisão e ele diz-me que sempre foi assim. Há adeptos que nunca está satisfeita com a performance dos adeptos, mas outros sim.

O descontentamento pode dever-se ao facto de fazer poucas substituições?] Não quero falar demasiado sobre esses adeptos que assobiaram no final do jogo. Fizemos um bom jogo, os jogadores estiveram bem, não faço mais comentários sobre isso.

Os assobios são normais no Benfica, não há uma má energia. Toda a gente está ansiosa para a segunda mão. O Marselha tem algumas lesões, mas mostraram que são uma grande equipa. Precisamos de fazer um grande jogo na segunda mão. Já mostrámos muitas vezes que conseguimos estar prontos neste tipo de circunstâncias.»

Relacionados

Benfica

Mais Benfica

Patrocinados