Morreu Manuel Andrade, último testemunho vivo do Belenenses campeão em 1945/46

19 abr, 12:06
Manuel Andrade Belenenses (Foto: Belenenses)

Antigo avançado e melhor marcador do clube na mítica época do título tinha 96 anos

Morreu Manuel Andrade, esta quinta-feira, aos 96 anos, o último testemunho vivo do Belenenses que foi campeão nacional em 1945/46.

Através das redes sociais, Patrick Morais de Carvalho, presidente dos azuis do Restelo, deixou uma mensagem de despedida ao antigo avançado e melhor marcador do clube naquela época mítica.

Nessa temporada, o Belenenses terminou o campeonato com 38 pontos, numa altura em que as vitórias apenas valiam dois pontos. Manuel Andrade apontou 17 golos, sendo que Peyroteo terminou como goleador máximo, com 39 remates certeiros.

Em 2014, Manuel Andrade falou ao Maisfutebol, onde falou de alguns momentos que viveu enquanto jogador, como a primeira chamada à equipa principal do Belenenses, o primeiro ordenado ou até mesmo a forma como se adaptaria ao futebol moderno.

Patrocinados