Futre reage à morte de Artur Jorge: «Até sempre, eterno mister»

22 fev, 12:16
Futre: «Preferia morrer a dizer que era o Paulo Futre para passar à frente no hospital»

Ex-futebolista sagrou-se campeão europeu com o antigo treinador

Membro do FC Porto campeão europeu na época 1986/87, Paulo Futre reagiu à morte de Artur Jorge, timoneiro dos dragões nessa época. «Até sempre, eterno mister. Os meus mais sinceros pêsames a toda a família. Descanse em paz», escreveu nas redes sociais.

Paulo Futre coincidiu com Artur Jorge no FC Porto de 1984 a 1987, em todas as épocas de Artur Jorge na primeira passagem pelos azuis e brancos como treinador e em todas de Futre no clube.

O ex-futebolista recordou ainda as palavras de Artur Jorge antes do início da mítica final de Viena frente ao Bayern Munique, que os dragões venceram por 2-1. «'Vocês têm 45 minutos para entrar na história.' E entrámos! Nunca esquecerei estas palavras nem me esquecerei de você. Obrigado por tudo.»

Patrocinados