Amorim: «Tivemos tudo para ter noite tranquila e fomos complicando»

Pedro Lemos , Estádio S. Luís, Faro
30 set, 23:30
Ruben Amorim no Farense-Sporting (LUÍS BRANCA/Lusa)

Declarações de Ruben Amorim, treinador do Sporting, em conferência de imprensa, após a vitória por 2-3 frente ao Farense, no Estádio S. Luís, em Faro.

[Onde esteve a chave para esta vitória e que palavra para os adeptos?]

Tem sido normal este apoio deles que foi muito importante hoje, em certos momentos.

A chave esteve no terceiro golo, num jogo que era difícil, à partida, que se tornou fácil, mas, em duas bolas paradas, a partida ficou empatada.

Na primeira parte, podíamos ter feito melhor com bola; na segunda, fomos melhores, tivemos oportunidades e marcámos. O Farense ganhou dois livres, duas batidas muito boas de um jogador, mas a chave está no terceiro golo.

 

[O Sporting esteve a jogar muito tempo contra 10, mas nem sempre se notou isso em campo. O que se passou? Foi o Sporting que não se adaptou ao campo?]

O Farense superou-se: a jogar contra uma equipa grande, a perder 2-0, conseguiu empatar o jogo. Na primeira parte, não tivemos a imaginação e calma que temos tido. Mas tínhamos o jogo controlado e não posso dizer que foram várias as transições do Farense: houve uma que deu um livre, muito bem batido.

Na segunda parte, estávamos mais conscientes, criámos mais oportunidades, mas obviamente o Farense tem muito mérito e nós, com o desenrolar do jogo, fomo-nos tentando adaptar.

Temos de olhar para o jogo porque estava controlado.

 

[Se considera que é justo este resultado e que comentário faz ao lance do segundo penálti?]

Eu não falo de arbitragem e vou tentar continuar.

Se a justiça for quem criou mais oportunidades, quem esteve mais perto do golo, o Sporting foi um justo vencedor.

Se falarmos de uma equipa que foi estoica em defender, que esteve sempre à espreita do contra-ataque, que lutou, o Farense perder os três pontos também é um pouco injusto para eles.

O futebol é quem marca mais golos e nós marcámos mais golos. Parece-me que a vitória do Sporting é justa e muita injusta a derrota do Farense.

 

[Coates vai jogar na quinta-feira, para a Liga Europa?]

Aconteça o que acontecer, não jogará. Eu não faço ideia da lesão, mas não vai jogar para a Liga Europa.

 

[Que conclusões retira deste jogo?]

Não lhe posso dizer porque, neste momento, não consigo expressar. Amanhã vou ver o jogo com mais calma e não quero estar a fazer uma análise abrangente, o que me pareceu é que tivemos tudo para ter uma noite tranquila e fomos complicando.

Se me disserem: o Farense, mesmo com 10, teve muitas oportunidades. Não. Mas juntaram-se e depois em duas bolas paradas conseguiram marcar.

Penso que foi essa a análise: uma equipa que se aguentou bem e que tudo o que lhe aconteceu foi mau; nós tivemos tudo na mão, sofremos dois golos, mas acho que acaba por ser uma vitória justa, apesar de termos de olhar para o jogo.

Sporting

Mais Sporting

Patrocinados