Ex-presidente do Peru Fujimori libertado apesar de pedido de adiamento

Agência Lusa
7 dez 2023, 00:32
Alberto Fujimori (AP)

Decisão partiu do Tribunal Constitucional. Fujimori cumpria uma pena de 25 anos relacionada com o assassínio de 25 peruanos por esquadrões da morte na década de 1990

O ex-presidente peruano Alberto Fujimori (1990-2000) foi libertado esta quarta-feira em cumprimento de uma ordem do Tribunal Constitucional (TC), apesar da oposição do Tribunal Interamericano de Direitos Humanos (TIDH), anunciaram as autoridades.

Fujimori deixou a prisão de Barbadillo, no leste de Lima, um dia depois de se saber que o TC tinha ordenado a libertação imediata do ex-chefe de Estado, segundo a agência espanhola EFE.

A decisão do TC restabeleceu os efeitos do indulto que lhe foi concedido em 2017 pelo então presidente Pedro Pablo Kuczynski.

Fujimori, 85 anos, estava a cumprir uma pena de 25 anos relacionada com o assassínio de 25 peruanos por esquadrões da morte na década de 1990.

O TC do Peru ordenou a sua libertação imediata na terça-feira, mas o TIDH tinha pedido um adiamento para estudar a decisão.

Mundo

Mais Mundo

Patrocinados