Plenário de sindicato do SEF afetou mais de 4.500 passageiros no aeroporto de Lisboa

CNN Portugal , BCE
29 mai, 14:19

Em comunicado, a direção nacional do SEF diz ser "alheia a esta iniciativa, que decorre do exercício de direitos sindicais"

Um plenário de sindicato do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) provocou esta manhã constrangimentos que afetaram "mais de 4.500 passageiros" no aeroporto de Lisboa.

Em comunicado, o SEF confirma que os constrangimentos na zona das chegadas do aeroporto de Lisboa se devem a uma reunião de trabalhadores de um dos três sindicatos do serviço, que decorreu entre as 06:00 e as 09:00 da manhã deste domingo, período em que foram assegurados os "serviços mínimos, nos termos da lei".

"De acordo com estimativa da ANA Aeroportos, esta reunião de trabalhadores terá afetado mais de 4.500 passageiros", refere-se na nota.

O SEF indica ainda que, como é habitual nestas situações, "comunicou antecipadamente à ANA Aeroportos e às companhias aéreas, tendo a primeira efetuado um alerta sobre a mesma, no sítio do aeroporto, para a possibilidade de constrangimentos no controlo de fronteiras".

No comunicado salienta-se ainda que "a direção nacional do SEF é alheia a esta iniciativa, que decorre do exercício de direitos sindicais".

Milhares de passageiros aguardaram várias horas em filas na zona de chegadas do aeroporto de Lisboa enquanto aguardavam pelo controlo de passaportes. Os passageiros são todos provenientes de voos internacionais (não Schengen) e, para poderem entrar no nosso país, precisam de passar pelo controlo de fronteiras. 

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

País

Mais País

Patrocinados