«O Vizela tem muita margem de evolução, para o ano vai estar melhor»

17 mai, 09:53
Kiko Bondoso (Vizela)

Kiko Bondoso, Alex Méndez e Ivanildo Fernandes falaram sobre a temporada de regresso do clube à Liga

No regresso ao principal escalão do futebol português 37 anos depois, o Vizela garantiu a permanência por pelo menos mais uma época, mas há margem para fazer melhor.

Isso mesmo afirmou Kiko Bondoso, um dos destaques da equipa de Álvaro Pacheco.

«O clube tem muita margem para evoluir. As condições que temos hoje permitem pensar isso. Este foi um ano de estreia, para ganhar confiança e ritmo para outros voos. Penso que, para o ano, o Vizela se vai apresentar melhor», afirmou, citado pela Lusa.

O extremo reconheceu que o emblema minhoto teve algumas «dificuldades de adaptação frente a equipas mais experientes» antes de ganhar «ritmo de jogo e experiência» para conseguir a permanência.

Já Alex Méndez, outro estreante na Liga, confessou estar feliz pelo contributo que deu ao longo da época: «Aprendi muito, não só com os jogadores, mas também com as pessoas de Vizela, que me ajudaram muito desde que cheguei. Isso foi muito importante para mim. Aprendi certos aspetos táticos que foram importantes.»

Por sua vez, Ivanildon Fernandes destacou a união do Vizela. «Foi uma época conseguida. Conseguimos o principal objetivo, que era a manutenção, fruto de um grande trabalho de toda a estrutura e da equipa técnica. (…) Este é capaz de ser um dos melhores grupos em que já trabalhei. Todos estão aqui para se ajudarem uns aos outros», referiu.

«Esta foi uma experiência boa, porque há colegas meus que nunca tinham jogado na I Liga. O grupo já percebeu que a I Liga tem muita qualidade. Fomos adquirindo experiência. Acredito que isso vai fortalecer o grupo para o ano», acrescentou.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Patrocinados