Um morto e dois feridos graves em explosão em fábrica de algodão em Vila Verde

Agência Lusa , BCE
14 ago, 21:21

Pelas 20:30, fonte do Comando Sub-regional do Cávado adiantou que o fogo estava debelado e que os meios já se encontravam a desmobilizar

Um homem de 60 anos morreu esta segunda-feira na sequência de uma explosão numa fábrica de algodão em Vila Verde, no distrito de Braga, que provocou ainda dois feridos graves, adiantaram à Lusa fontes policiais.

O alerta para o acidente foi dado pelas 17:45 e os dois feridos, com queimaduras graves, foram transportados para o Hospital de S. João, no Porto e para o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC).

Um dos feridos foi transportado pelo helicóptero do INEM, referiu fonte do Comando Sub-regional do Cávado.

Fonte da GNR disse à Lusa que a vítima mortal era um homem de 60 anos.

Foram mobilizadas para o local as Viaturas Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Braga e Barcelos, uma mota do INEM e uma equipa de psicólogos do INEM.

A explosão resultou também num incêndio que foi combatido pelas corporações de bombeiros de Vila Verde, Esposende e Amares.

Pelas 20:30, fonte do Comando Sub-regional do Cávado adiantou que o fogo estava debelado e que os meios já se encontravam a desmobilizar.

No total, estiveram no local 65 operacionais, apoiados por 24 viaturas e um meio aéreo, de acordo com a página na Internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC).

País

Mais País

Mais Lidas

Patrocinados