Ucranianos não desistem de defender Bakhmut e de sangrar o inimigo: "As forças de assalto russas estão a esgotar-se"

Jornalista da Editoria de Internacional
4 mar, 15:21

A pressão russa sobre Bakhmut continua a crescer. As últimas vias de acesso à cidade que restam aos ucranianos estão sob bombardeamento intenso e há já combates de rua. Mesmo assim, parece que a retirada ainda não está iminente: as tropas ucranianas continuam a afluir a Bakhmut.

Europa

Mais Europa

Mais Vistos

Patrocinados