"Estamos fartos de palminhas e não vai ficar tudo bem": urgência do hospital de Leiria sem médicos para outubro

29 set, 14:39

São cada vez mais os médicos que se recusam em fazer horas-extra, para além das 150 anuais impostas por lei. Há duas dezenas de centros hospitalares que vão ter problemas em completar as escalas das urgências.

É o caso de Leiria, onde há médicos com mais de 400 horas extraordinárias e que agora ameaçam bater com a porta.

Saúde

Mais Saúde

Mais Vistos

Patrocinados